segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sem Palavras

Se o acaso existe, e creio que não existe,

Por acaso encontrei e sem acaso,

Pois procurei...

Na verdade não se fala;

Não se explica...

Se cala;

O que digo é que, na verdade, 

Eu não sei a razão, o porquê,

Mas tinha que escrever e lhe dizer...

Mas não sei o que...

domingo, 10 de agosto de 2014

Feliz dia dos pais!

Todos os dias começam, mas logo terminam, assim como quase tudo nesta vida.  Mas a condição paterna não termina nunca. Ela se inicia no dia em que o pai se propõe a sê-lo e, ainda que este venha a morrer, seus ensinamentos ficam. Ainda que o único legado que um pai tenha deixado, seja o silêncio, lembremo-nos que, no silêncio as maiores mentes criaram as frases que mudaram o mundo.

Feliz dia dos pais, incondicionalmente, a todos os pais!

sábado, 9 de agosto de 2014

Tudo Tem Solução



Alegria é de momento.
Tristeza também o é.
Quem hoje está caído,
Amanhã estará de pé.


Existe uma solução,
Pra tudo que é problema.
É só estudar direito,
Com calma, fazer o esquema.


Se é grande em demasia,
Divida-o em pedaços;
Enfrente cada fração;
Vencendo uma a cada passo.


Mudando o ponto de vista,
Talvez mude a questão.
Olhando de outro ponto,
Problema vira bênção.


Problemas... apenas testes;
Que vem nos fortalecer.
Um problema superado...

Um novo amanhecer!



Do livro Um Novo Amanhecer de Edison Mendes
Copyright © 2013 by Edison Roberto Mendes

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Poesias De Edison Mendes: APENAS NINGUÉM

Poesias De Edison Mendes: APENAS NINGUÉM: Eu quero, Mas não consigo. Eu espero, Mas nunca chega. Eu peço,  Mas nunca recebo. Eu digo,  Mas ninguém me ouve. Eu peço p...

APENAS NINGUÉM


Eu quero,
Mas não consigo.
Eu espero,
Mas nunca chega.
Eu peço, 
Mas nunca recebo.
Eu digo, 
Mas ninguém me ouve.
Eu peço perdão,
Mas ninguém me perdoa verdadeiramente.
Eu me entristeço,
Mas ninguém sente.
Eu sinto, 
Mas ninguém sabe.
Eu digo a verdade,
Mas ninguém acredita.
Eu amo,
Mas ninguém percebe.
Eu me mostro,
Mas ninguém me vê.
Eu me apresento,
Mas ninguém me conhece.
Eu vivo, 
Mas ninguém o sabe.
Eu choro,
Mas ninguém se comove.
Eu tenho fome,
Mas ninguém me dá de comer,
Eu tenho sede,
Mas ninguém me dá de beber,
Eu sinto frio,
Mas ninguém me aquece.
Eu sinto calor,
Mas ninguém me refrigera.
Eu fico doente, 
Mas ninguém me trata.
Eu caio, 
Mas ninguém me levanta.
Eu morro,
Mas ninguém me sepulta.
Quem sou eu? 
Não importa.
O que importa é:
Quem é NINGUÉM?

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Não Te Quero Mais!

Não te quero mais...
Do que quero o seu beijo, 
Seu corpo roçando o meu,
Queimando, ardente desejo,
No simples toque dos lábios,
Das línguas, em seu gracejo...
Não te quero mais...
Do que quero o teu carinho,
O teu corpo pequenino,
Preso entre meus braços,
Num abraço apertado,
Me afagando os cabelos,
Me mostrando o teu amor,
Teu complexo calor,
Não te quero mais...
Do que quero, em teus versos,
O meu nome expressado,
Num murmúrio ou gemido,
Mesmo que seja surdo!
Não te quero mais...
Do que quero te tocar, 
Te sentir
Te venerar,
Em nossa cama,
Nosso altar,
Te abraçar e te beijar...
Não te quero mais...
Do que queria ontem,
Do que quero a cada instante,
Do que vou te querer, 
Amanhã, e depois.
Para sempre,
Nesta vida e após...

domingo, 3 de agosto de 2014

Poesias De Edison Mendes: A VIDA CONTINUA

Poesias De Edison Mendes: A VIDA CONTINUA: Meus dias estão nublados! O sol se escondeu de meu céu. A noite se eterniza lá fora; As estrelas teimam em não aparecer! O vento sopra, ...

A VIDA CONTINUA






Meus dias estão nublados!
O sol se escondeu de meu céu.
A noite se eterniza lá fora;
As estrelas teimam em não aparecer!
O vento sopra, trazendo arrepios de frio e de dor,
Nenhuma chama de calor que possa me aquecer.
O tempo parece estar contra mim...
Deus parece ter me esquecido!
E daí?????????
Nada dura para sempre!
O sol voltará a brilhar, mais cedo ou mais tarde,
A escuridão se dissipará da mesma forma que se instaurou em minha vida.
O mesmo vento que trás o frio,
Varrerá os resquícios de dor que sobrarem em minha alma.
Qualquer tropeço pode nos levar ao chão,
Mas somente nós mesmos é que poderemos escolher:
Ficamos ai deitados ou nos levantamos?
A sua escolha foi feita,
A minha escolha está feita!
Meu caminho será seguido!
Tropeçar e cair, faz parte da vida,
Querer ficar nas trevas, é se entregar à derrota!
Eu escolho a vitória,
Ainda que ela esteja oculta, neste momento.
Varrerei as trevas, como folhas secas em um jardim
Que estão tapando a beleza da grama verde sobre elas.
Estarei de pé e caminhante, como outrora,
Mais alerta, no entanto, à novos encalços.
Alguém partiu, mas eu fiquei aqui.
Alguém morreu, mas eu continuo vivo!!!


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A FORÇA DO AMOR



O amor que tenho por você,
É mais forte do que tudo o que posso suportar!
É mais forte que a luz do sol,
Brilhando em meus olhos;
É mais forte que um trator de esteiras,
Rompendo-me a pele, como se fosse grama;
É mais forte que o mais poderoso ácido,
A corroer o mais frágil dos metais;
É mais forte que o fogo;
Em um incêndio numa refinaria de petróleo;
É mais forte que a água,
Jogada sobre um palito de fósforo;
É mais forte que um tufão,
Agindo sobre uma pena;
É mais forte que um vulcão em erupção,
Onde tudo que se pode fazer, é admirar sua destruição...
O amor que tenho por você,
É mais forte do que tudo o que posso suportar!
É mais forte que sua ausência,
Ainda que presente;
É mais forte que sua distância,
Ainda que muito perto;
É mais forte que sua indiferença,
Ainda que eu queira ser notado;
É mais forte que o seu ódio,
Ainda que  eu queira ser amado...
O amor que tenho por você,
É forte;
É grande;

É AMOR!!!!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 30 de julho de 2014